Primeiramente, você deve estar se perguntando o que é ‘Internet das Coisas’, não se preocupe, antes de entrar no assunto principal do post: A importância do Certificado Digital na Internet das Coisas’, vamos entender primeiramente este termo muito diferente para algumas pessoas.

A ‘Internet das Coisas’ é uma revolução tecnológica que tem como intenção conectar alguns objetos utilizados no dia a dia à rede mundial dos computadores. Sabe aquela maçaneta conectada a um simples cartão? Ou até mesmo eletrodomésticos, meio de transportes e etc.

O objetivo maior é que o mundo físico e o digital se tornem um só, através dispositivos que se comuniquem com os outros e transformam a mobilidade e a presença da Internet em diversos objetos em uma realidade cada vez mais próxima.

Onde surgiu o termo?

Proposto em 1999, por Kevim Ashton, o conceito de internet foi elaborado no Laboratório de Auto-I onde se realizavam pesquisas no campo da identificação por radiofrequência em rede (RFID) e tecnologias de sensores.

Como funciona na prática?

Cada aparelho eletrônico consegue ter a sua identificação, que é feita por rádio frequência, e guardada em um banco de dados. Logo após o aparelho se conectar em uma rede, esse código consegue identificar o seu banco de dados.

Exemplos na prática:

  • As lâmpadas da casa podem emitir luzes durante vários momentos do dia, ou se apagarem quando todos saírem;
  • Hospitais podem utilizar equipamentos capazes de coletar dados armazenados em smartwatches, pulseiras inteligentes, assim facilitando o diagnóstico e o trabalho dos médicos
  • Um fogão seria capaz de cortar o fornecimento de gás e avisar a companhia fornecedora ao detectar um vazamento

E a Segurança?

No geral, os equipamentos deveriam ser seguros e à prova de ataques. No entanto, se tratando de Internet, muitas pessoas não entendem que devem tomar cuidado, como ter senhas seguras.

E é aí, que entra o Certificado Digital. o/

Com todas essas possíveis vulnerabilidades já existem certificados digitais, que são utilizados para autenticar e criar uma rede segura para esses dispositivos e prevenir contra possíveis ataques.

Vale a pena investir neste mercado de objetos conectados. De acordo com a Gartner, haverá cerca de 4,1 bilhões de pessoas online até 2020. Um bom mercado, para você empreendedor.

Leia também: Quais os tipos de segurança que o Certificado Digital transmite para o seu negócio?


Source link

Comentários no Facebook