fbpx

Antes ‘central de entretenimento’, Xbox One volta-se ao público gamer

O Xbox One vive uma crise de identidade. Anunciado como uma "central única de entretenimento", o console está, cada vez mais, se direcionado para o jogador hardcore, mesmo foco do rival PlayStation 4, da Sony.
No mês passado a Microsoft anunciou a venda do Xbox One sem o Kinect, sensor de movimentos da companhia. Em entrevista à Folha, Yusuf Medhi, chefe de marketing e estratégia de Xbox, explicou a decisão.
"Queremos dar escolha ao jogador. Escutamos sugestões dos usuários e conversamos com os desenvolvedores e decidimos que a melhor decisão seria oferecer o Xbox One a um preço mais baixo para quem não quiser o Kinect", diz Medhi.
Leia mais (06/11/2014 – 18h50)

Comentários no Facebook

×

Powered by WhatsApp Chat

× Consulte-nos!