fbpx

Aplicativo de Björk fará parte do acervo do MoMA, em Nova York

O aplicativo para iPad "Biophilia", lançado pela cantora islandesa Björk em 2011 para acompanhar o disco homônimo, se tornou o primeiro a ser introduzido no acervo do Museum of Modern Art (MoMA) de Nova York.
Björk, que costuma primar pelo pioneirismo, foi a primeira cantora a lançar um app para um disco. Agora, segundo informações da revista britânica "NME", o aplicativo se tornou o primeiro do tipo a fazer parte da coleção permanente de um dos museus de arte moderna mais importantes do mundo.
Paola Antonelli, curadora sênior do departamento de arquitetura e design do MoMA, disse em comunicado que já vinha pensando em integrar "Biophilia" ao acervo do museu desde seu lançamento, há três anos.
Leia mais (06/14/2014 – 14h45)

Comentários no Facebook

×

Powered by WhatsApp Chat

× Consulte-nos!