fbpx

Biometria pode trazer segurança, mas ausência de normas preocupa

Uma das tarefas do físico Joseph J. Atick, um dos pioneiros da tecnologia de reconhecimento facial, é promover a biometria nas agências governamentais incumbidas de identificar criminosos e prevenir fraudes de identidade.
"Nós salvamos vidas e solucionamos crimes."
O setor de biométrica -que usa características fisiológicas exclusivas de cada indivíduo, como impressões digitais e traços fisionômicos, para registrar ou confirmar sua identidade- está em alta no mundo inteiro. Calcula-se que ele tenha gerado R$ 16,35 bilhões em 2012.
Leia mais (06/10/2014 – 01h30)

Comentários no Facebook

×

Powered by WhatsApp Chat

× Consulte-nos!