fbpx

Como explorar o fundo do mar no Google Maps

O Google Maps é quase sempre usado para consultar endereços e pontos turísticos em planos terrestres. Porém, o Street View também conta com grande acervo de imagens registradas nas profundezas dos oceanos, reunidas na galeria “Oceans”. O projeto, realizado em parceria com The Catlin Seaview Survey, mostra na Internet patrimônios marinhos da Unesco atualmente ameaçados. Como apagar seu rosto, casa ou carro do Google Maps; veja dica Uma dica é procurar por belos animais marinhos como tubarões, baleias,
peixes raros, tartarugas e várias outras espécies. Half Moon Caye, Belize no Google Maps (Foto: Divulgação/Google) Foi lançada em celebração ao Dia Mundial dos Oceanos, que acontece em 8 de junho, a versão de Belize, na América Central. A ideia é fazer com que qualquer pessoa possa se aventurar por algumas das mais belas águas do mundo, sem precisar ser um mergulhador profissional. A navegação acontece de forma idêntica à das ruas e avenidas, com a diferença de que as fotografias foram capturadas com uma câmera subaquática especial, a SVII. saiba mais Como medir distâncias entre mais de dois pontos e locais no Google Maps Como o Google Maps exibe territórios disputados em todo o mundo Como limpar o histórico de busca do Google Como acessar a versão antiga do Google Maps Teste conhecimentos em geografia com Smarty Pins no Google Maps Até o momento, o Oceans conta com mapas dos mares de Filipinas, Belize, Austrália, México, Galápagos (Equador), Havaí, Mônaco e Bermuda. Nas imagens é possível ver corais, leões marinhos, tubarões, baleias, peixes, tartarugas e várias outras espécies animais, algumas delas com risco de extinção. Google Maps ativo consume muita bateria? Veja o que fazer no Fórum do TechTudo. Explorando o fundo do mar Ao entrar no Oceans ( google.com/maps/views/streetview/oceans ) o usuário tem acesso, no canto superior esquerdo, ao último local registrado pelo Catlin Seaview Survey, posicionado logo acima do mapa-múndi que aponta todos os lugares já vasculhados pelas câmeras do instituto. Na parte da direita estão os links para acessar cada um desses oceanos registrados, por meio das fotos em miniatura que dão dimensão das belezas retratadas. Janela inicial do Oceans, projeto do Google Maps (Foto: Reprodução/Raquel Freire) Clicando no mar que deseja desbravar, o serviço mostra um pequeno resumo do local à esquerda e sua localização no mapa. O sistema de movimentação é o mesmo do Street View tradicional. A seta guia para frente, com um clique, e para mudar o ângulo de visão é preciso manter o mouse pressionado e arrastá-lo até onde desejar. Exploração do mar de Galápagos através do Street View (Foto: Reprodução/Raquel Freire) Logo abaixo do resumo, na qual fonte é o próprio Catlin Seaview Survey, há ainda um botão para compartilhamento da imagem. É possível mostrar a “descoberta” de um lugar novo, belos animais e outros detalhes forma direta para seus amigos do Google+ ou Twitter, ou ainda colar o link no Facebook. Oceans tem compartilhamento direto com Twitter e Google + (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

Comentários no Facebook

× Consulte-nos!