fbpx

Dicionário de tecnologia: entenda o significado dos termos

O mundo da tecnologia é repleto de palavras e termos de outras línguas ou desconhecidos por muitos usuários. Normalmente, essas expressões estão ligadas a questões técnicas ou áreas pouco acessadas, mas também podem rodear ações comuns do internauta na web e nas redes sociais. Para te ajudar, o TechTudo preparou um dicionário de tecnologia para que você entenda o significado de termos utilizados na Internet, no mundo dos computadores, tablets e smartphones. Veja também; Descubra como surgiu a impressora 3D Mundo da tecnologia possui diversos termos e expressões que podem confundir usuário e internautas (Foto: Arte/TechTudo) – Attachment Attachment nada mais é do que um arquivo anexado, ou seja, aquele enviado por e-mail ou carregado em uma página da internet.  Normalmente, esse termo é encontrado em sites que não têm tradução para o Português. Pode ser uma imagem do tipo JPEG, animada (GIF), documento do Word (.doc ou .docx), Excel (.xls ou .xlsx), PowerPoint (.ppt ou .pptx), comprimido (.zip ou .rar), entre outros. No entanto, é preciso ter atenção ao baixar algum desses arquivos para o seu computador, pois estes podem conter vírus e outras ameaças. – Backup Backups são cópias de seguranças de arquivos de computadores ou celulares feitas com objetivo evitar a perda de dados em caso de roubo ou problema técnico nos equipamentos. Por exemplo, com as ferramentas de backup, é possível salvar fotos da sua última viagem, suas músicas preferidas, documentos do trabalho ou qualquer outro arquivo que, por algum motivo, for importante para você. Para isso, você pode utilizar um HD externo, que pode ser carregado para qualquer lugar, ou serviços de armazenamento na nuvem, como o OneDrive e o Google Drive, que oferecem acesso em qualquer lugar via Internet. Confira aplicativos e programas para backups no TechTudo Downloads . – Blog Blogs são plataformas de para publicação de conteúdo, sendo as mais conhecidas o Blogspot, do Google, e o WordPress. Inicialmente, os blogs surgiram como páginas pessoais onde era possível narrar uma viagem ou fazer um diário virtual. No entanto, a chamada blogosfera evoluiu e atualmente é comum encontrar páginas especializadas em notícias, times de futebol, saúde, humor, entre outros assuntos. Veja aqui como criar o seu blog e também como pesquisar por blogs no Google. – Browser Os browsers  ou navegadores nada mais são do que os programas usados para acessar sites na Internet, como o TechTudo. Neste programas, tudo o que o usuário precisa fazer é digitar o endereço da página que deseja acessar ou utilizar sites de buscas, como o Google. Há diversas opções disponíveis para os usuários e com características diferentes. No entanto, os mais conhecidos são o Google Chrome , o Mozilla Firefox , Internet Explorer , Opera e Safari . – Cookies Cookies são pequenos arquivos de cadeias de textos armazenados pelo navegador de Internet com o objetivo de agrupar pequenas informações do usuários. Por exemplo, quando o usuário acessa e se cadastra em um site de compras, por exemplo, cookies são enviados pelo servidor da página com uma identificação ID do Internauta, junto com alguns dados. Ao acessar àquela página novamente, o navegador reenvia essa cadeia de textos para que o servidor reconheça o usuário e retorne uma página personalizada com base nas suas últimas compras, por exemplo. Descubra aqui os pós e contras dos cookies de publicidade e como limpá-los . – Embedar Embedar é uma forma aportuguesada da palavra inglesa  embed. Este processo consiste em inserir um conteúdo multimídia em uma página na Internet através do código HTML. Por exemplo, o dono de um blog ou um site pode subir um vídeo para um site de hospedagem como o YouTube e, em seguida, usar o código fornecido pelo serviço para incorporar o conteúdo em sua página. Descubra aqui como embedar um vídeo do YouTube em um site e também como incorporar um conteúdo do Vimeo . – FAQ O FAQ, da expressão inglesa  Frequently Asked Questions , é recurso muito utilizado por desenvolvedores de programas, serviços de Internet ou fabricantes para agilizar o suporte ao usuário. Para isso, são utilizadas respostas sobre perguntas comuns a respeito daquele produto ou problema técnico. Por exemplo, quando a impressora do usuário fica com um papel atolado, é bastante provável que ele encontre uma solução respondida no FAQ da página de suporte da empresa. Assim, é possível evitar que o indivíduo perca tempo ligando ou enviando um e-mail para a assistência técnica daquela fabricante. – GPS O GPS é um recurso que integram os novos smartphones (Foto: Allan Melo /TechTudo) O GPS, do inglês global positioning system , é um sistema de navegação via satélite capaz de determinar com boa precisão o posicionamento do seu usuário. Atualmente, a utilização mais comum de dispositivos com essa tecnologia é a navegação urbana, seja de carro, bicicleta ou a pé. Com um celular ou aparelho de GPS dedicado, é possível, por exemplo, traçar uma rota em uma grande cidade para chegar ao endereço específico em menor tempo. Outro uso frequente é em aplicativos e dispositivos para monitoramento de atividades físicas. Confira lista de aparelhos GPS de até R$ 400 e também aplicativos para Android . – Hardware Hardware é uma expressão utilizada para as peças de equipamentos eletrônicos como computadores e celulares. Por exemplo, em um desktop é possível distinguir e substituir diversos tipos de hardwares para melhorar o desempenho da máquina: placa-mãe, processador, placa de vídeo, memória RAM, HD, SSD, entre outros. Confira como descobrir o hardware do seu PC . – HDMI O HDMI, de  High-Definition Multimedia Interface , é um tipo de conexão capaz de transmitir áudio e vídeo em um único cabo em sinal totalmente digital. Esse padrão pode ser utilizado em qualquer equipamento, como DVD e computadores, mas são mais usados atualmente para transmitir imagens em alta-definição. Dependendo de sua versão, o HDMI pode suportar resolução HD (720p), Full HD (1080p), 2K (2048p) e 4K (4096p). Descubra mais sobre esse tipo de conexão . – Hotsite Hotsites são páginas de Internet criadas especialmente para uma ação de marketing, como propaganda ou campanha. Normalmente, esses sites não se tratam da página principal daquela empresa ou organização, mas podem ocupar o seu lugar por um tempo determinado. Por exemplo, ao lançar uma propaganda ou promoção para a Copa do Mundo, uma empresa pode criar um hotsite com informações sobre aquela ação, com interface característica, onde os usuários podem participar ou se inscrever. – HTML O HTML, da expressão  HyperText Markup Language , é um sistema de códigos utilizados para criar páginas da internet através de tags e valores para as mesmas. Ao acessar um site, como o TechTudo, o seu navegador é capaz de interpretar e decifrar o código programado pelos criadores da página e exibi-la em sua interface gráfica. Para visualizar o HTML de um site, basta clicar no menu Ferramentas do seu navegador e, logo após, em Código-fonte. É possível criar páginas simples em HTML no bloco de notas do Windows, desde que o usuário saiba o código, ou através de programas como o Adobe Dreamweaver. Descubra mais aqui . – Inbox Inbox é um termo muito utilizado atualmente em serviço de mensagens e e-mails. Normalmente, esta expressão é traduzida para o português sob a forma de “Caixa de Entrada”, o local onde estão localizados os seus novos e-mail ou aqueles que não foram destinadas para outra pasta. Além disso, o termo  inbox  ganhou notoriedade no Facebook para denominar as mensagens privadas enviadas na rede social. Descubra como mandá-las . – Jailbreak Donos de iPhones podem fazer jailbreak no iOS para eliminar restrições da Apple (Foto: Divulgação/Apple) O  Jailbreak é um processo capaz de eliminar algumas restrições impostas por fabricantes e desenvolvedoras de sistemas operacionais, comuns em smartphones e tablets. A partir dele, por exemplo, é possível instalar aplicativos não autorizados pela Apple em dispositivos iOS através de lojas alternativas como a Cydia. O  jailbreak , no entanto, exige cuidados e experiência ao ser executado, pois podem oferecer riscos ao equipamentos. Saiba como desbloquear o iOS 7 . – Java O Java é uma linguagem de programação usada na construção de aplicações, jogos e até mesmo páginas da Internet. Bastante utilizada há alguns anos, esse tipo de código dependia da instalação de plugins no navegador, por exemplo, para executar o conteúdo produzido a partir da plataforma. Outra utilização bastante comum é a construção de games para celulares antigos que não utilizam os sistemas operacionais atuais. No entanto, graças a devidos problemas de desempenho e brechas de seguranças, o uso do Java tem sido cada vez menos comum. Descubra como resolver os problemas mais frequentes . – Kernel Código Kernel dos sistemas (Foto: Reprodução/Flickr/cc) O Kernel é o núcleo de um sistema operacional, ou seja, a sua unidade básica, responsável por fazer a ponte entre os programas e os componentes físicos do computador. Sobre o Kernel é aplicado todas as características e ferramentas de cada plataforma, incluindo o Windows e o Mac OS. No caso do Linux, um sistema operacional livre, seu Kernel está disponível gratuitamente para que desenvolvedores façam as modificações que julgarem necessárias e construam sua própria distribuição. Um mesmo núcleo pode ser usado como base de várias versões de um sistema ou ser refeito frequentemente para introduzir novas características e gerenciamentos mais apurados a uma nova edição. Conheça melhor o Kernel . – Login Login é uma expressão utilizada para a identificação de um usuário em sites ou serviços que necessitam de autenticação. Normalmente, ele é composto por um nome de usuário e senha, previamente cadastrado pelo usuário ao fazer seu registro naquela página. Por exemplo, um login é necessário para acesso o Facebook, Twitter, serviço de armazenamento na nuvem, e-mail, banco ou qualquer outro serviço que guardem dados pessoais do usuário. Descubra como criar senhas com o reconhecimento facial . – Mobile Mobile  é uma expressão inglesa usada para classificar aparelhos e serviços criados para dispositivos móveis, como smartphones e tablets. Com a popularização dos celulares inteligentes, é cada vez mais comum que empresas lancem versões de programas de computador para esses equipamentos. Por exemplo, a Microsoft anunciou recentemente a gratuitidade em celulares do Office Mobile , uma versão para smartphones e tablets do Microsoft Office dos computadores. Além disso, é comum a criação de versões de sites da internet, como o  m.techtudo.com.br , para acessar o TechTudo no seu celular. – Nickname Expressão inglesa que significa apelido. Normalmente, um  nickname  é utilizado como forma de identificação em uma rede social ou fórum no lugar do nome real do usuário. São muito usados no Twitter, por exemplo, tanto em perfis pessoais como em fakes. No Facebook, é possível inserir o seu  nickname  para que outros usuários marquem seu perfil em uma publicação ou o achem na busca da rede social. Descubra aqui como incluir um apelido no seu perfil do Facebook. – Nuvem Nuvem é uma expressão utilizada para batizar serviços de armazenamento na Internet, como o Dropbox, Google Drive e OneDrive. Nestas páginas, é possível enviar arquivos do seu computador ou fazer backup para que estes fiquem acessíveis em qualquer lugar do mundo através de uma conexão da Internet. Conheça os melhores serviços gratuitos de armazenamento na nuvem . – Pixel Pixels são a menor unidade de dispositivos de exibição como TVs e monitores (Foto: Pedro Zambarda/TechTudo) Um pixel é a menor unidade de um equipamento de exibição, como TVs, monitores e telas de smartphones. Cada elemento deste é composto por um conjunto de três pontos nas cores verde, vermelho e azul que, juntos, são capazes de criar inúmeras combinações. A partir da quantidade de pixels presentes em uma tela, é possível definir a resolução daquele produto. Por exemplo, um televisor Full HD possui 1920 pixels na vertical e 1080 pixels na vertical. Descubra aqui as falhas frequentes de monitores com problemas . – Root O Root é um processo de desbloqueio de smartphones com Android, podendo ser considerado o equivalente ao  jailbreak  no iOS. Através dele, é possível ganhar status de “super usuário” do sistema operacional do Google, podendo fazer mudanças profundas na plataforma. Em aparelhos  rooteados,  é possível substituir a versão instalada pela fabricantes por outras alternativas como a CyanogenMOD e a Xiaomi, que podem oferecer edições mais atualizadas do sistema. Descubra aqui como fazer root do seu smarpthone Android . – Selfie Selfie cheia de estrelas de cinema é a mais compartilhada da história do Twitter (Foto: Reprodução/Twitter) Selfies  é um termo utilizado para fotografias de si mesmo através da câmera de celulares e tablets. De origem inglesa, esse termo se tornou uma moda nos últimos meses, após a contribuição de diversas celebridades, como os astros de Hollywood durante a cerimônia do Oscar e até o presidente norte-americano Barack Obama. Normalmente, essas imagens são tiradas através da câmera frontal dos aparelhos e, logo após, compartilhadas em redes sociais. Confira dicas para tirar o selfie perfeito com o seu celular . – Software Ao contrário do hardware , o  software é a parte da informática composta pelos programas, jogos e outras aplicações desenvolvidas a partir de linguagens de programação. Geralmente, um software é desenvolvido com uma função específica ou finalidade bem definidas. São exemplos os sistemas operacionais, editores de textos, antivírus, aplicativos de celulares, entre outros. Você pode encontrá-los para o seu computador, smartphone e tablets no TechTudo Downloads . – SPAM Spam normalmente chega por e-mails (Foto: Pond5 ) O SPAM surgiu como a prática de enviar e-mails em massa com propagandas não solicitadas ou desejadas pelo usuário. No entanto, com a popularização das redes sociais, é possível encontrar esse tipo de mensagens no Facebook, Twitter ou fóruns não só com anúncios, mas também com publicações sem utilidade. Além disso, esta é uma das formas mais utilizadas para a propagação de vírus e outras ameaças para roubar dados do usuário. Confira programas antispam capazes de conter essas ameaças ao seu computador e smartphones. – Tags Hashtag ou só tag é usada em diversos lugares na web (Foto: Reprodução/The Data Pack) As tags, ou etiquetas, são termos utilizados na Internet para identificar um conteúdo e facilitar a localização de informações associadas a este ou aquele assunto. Por exemplo, ao acessar um blog sobre saúde, você pode descobrir mais informações sobre doenças cardiovasculares ao clicar sobre a respectiva etiqueta. Nas redes sociais, como Twitter e Instagram, as tags ou hashtags servem também para pesquisar fotos ou postagem que utilizem aquela mesma identificação. Esse termo também é utilizado na computação para introduzir alguma marcação em um código, como o HTML, onde é possível mudar a cor da página ou da fonte através de uma tag. Descubra como usá-las no Instagram . – Trojan Popularmente conhecidos como Cavalos de Troia, os  trojans são arquivos maliciosos que se instalam no seu computador com o objetivo de abrir uma porta para facilitar a invasão da sua máquina por usuários mal intencionados. Este tipo de malware pode se disfarçar em programas, normalmente falsificados, baixados na internet de fontes não confiáveis e podem colocar em riscos informações do usuários, como cartões de crédito. Para evitá-los, é recomendado a instalação de um bom antivírus no seu computador . – Upload O  upload  é um processo no qual o usuário envia arquivos do seu computador ou smartphone para servidores de páginas da internet. Através dele, por exemplo, você consegue publicar uma imagem no Instagram ou armazenar um documento em um serviço de armazenamento na nuvem. O termo também é utilizado para determinar a velocidade que a sua conexão de Internet possui para enviar esses dados para os servidores. Entenda mais sobre o upload . – URL A sigla URL, do inglês  Uniform Resource Locator,  é utilizada para batizar o endereço de algo dentro de uma rede. Sua forma mais conhecida, por exemplo, são os endereços de site da Internet, como o TechTudo (www.techtudo.com.br). No entanto, o termo pode ser utilizado para nomear o local de um arquivo dentro de uma rede corporativa ou servidor particular. Descubra como encurtar uma URL com o Google . – Viral Virais é um termo utilizado para nomear um conteúdo de grande sucesso e com compartilhamento muito rápido na Internet e redes sociais. São exemplos, vídeos do YouTube, memes, ações coletivas, entre outros. Casos muito conhecidos de virais são o vídeo Gangnam Style , do artista sul-coreano Psy, que tem quase dois bilhões de visualizações no YouTube. Outras ondas que tomou a Internet são o Harlem Shake e a brincadeira da Girafa no Facebook . – Web 2.0 A Web 2.0 é um termo utilizado para batizar uma fase posterior aos primeiros sites criados para a Internet. Inicialmente, as páginas funcionavam como uma espécie de livro, nas quais os usuários apenas visualizavam o conteúdo sem interagir com o mesmo. Já a evolução da Internet permitiu com que surgissem plataformas de publicação coletiva  wikis , como a Wikipedia, onde os usuários podem contribuir com informações e alterar o conteúdo dos artigos. Também são produtos conhecidos da Web 2.0 os blogs, redes sociais e, por exemplo, os espaços para comentários em sites de notícias. – Wireless Alterar o canal da rede Wi-Fi (Foto: pond5 ) O Wireless, ou redes sem fio, é um termo utilizado para padrões de conexões entre dispositivos que dispensam o uso de cabos. Atualmente, o seu mais conhecido são as redes Wi-Fi locais, que permitem o acesso a Internet em notebook, smartphones e tablets sem a necessidade do fio Ethernet dos antigos modens. No entanto, as conexões wireless também abrangem as tecnologias Bluetooth, Infravermelho e de carregamento sem fio de dispositivos móveis. Descubra como criar sua rede Wi-Fi sem roteador . – XML XML é essencial para organizar o conteúdo dos sites e permitir o pleno funcionamento de softwares leitores de tela (Foto: Reprodução/Creative Commons) Assim como o HTML, o XML ( Extended Markup Language ) é um conjunto de códigos que podem ser utilizados na construção de uma página da Internet. Esse padrão também utiliza tag e atributos para o desenvolvimento de sites, por exemplo. No entanto, a principal diferença entre os dois é que o HTML descreve a aparências e ações de uma página enquanto o XML é responsável por descriminar o conteúdo do documento de um site, apresentando vantagens e desvantagens. Conheça melhor o XML . Tem algum termo tecnológico que você não entende? Opine no Fórum do TechTudo. saiba mais   Como instalar o WhatsApp no computador  React Messenger usa expressões do próprio usuário no lugar de emoticons  Como limpar registros com o CCleaner e melhorar o desempenho do seu PC

Comentários no Facebook

×

Powered by WhatsApp Chat

× Consulte-nos!