fbpx

EA Sports UFC: testamos a versão demo do game para PS4 e Xbox One

EA Sport UFC recebeu uma versão demo nesta terça-feira (3)
para Xbox One e PlayStation 4. Ela traz apenas dois lutadores, Jon Jones e Alexander Gustafsson, mas é o
suficiente para mostrar o quanto o game da Eletronic Arts tem a oferecer aos
fãs de luta no dia 17 de junho – data que o jogo será lançado. Confira as
nossas impressões: EA Sports UFC mostra combate entre Ronda e Miesha EA Sports UFC ganhará versão demo no dia 3 de junho para Xbox One e PS4 (Foto: Divulgação) O visual é o grande
atrativo

Você pode não ser um fã de luta, mesmo assim é impossível
não se impressionar com o nível de detalhamento de EA Sports UFC. O game surge
como um dos mais bonitos já desenvolvidos para essa geração, mesmo sendo de um
gênero que não costuma se destacar neste quesito.    A versão demo traz Jon Jones e
Alexander Gustafsson. Ambos apresentam um incrível detalhamento físico que mostra até mesmo suas particularidades, como cabelo, barba e tatuagens. A forma com que eles se
movimentam no octógono, e até mesmo o brilho do suor durante o combate, também faz com que o jogo pareça uma luta ao vivo.

Para completar, a ambientação também é praticamente idêntica
ao dos eventos reais do UFC. Seja com o anúncio empolgado de Bruce Buffer, da
presença do árbitro brasileiro Mario Yamasaki (com direito ao famoso
coraçãozinho), ou a torcida que vibra e grita ao fundo de acordo com o calor da
luta. Tudo isso faz com que você se sinta dentro do octógono mais
famoso do mundo. Chris Weidman e Anderson Silva no game EA Sports UFC 2 (Foto: Reprodução/ Youtube)

Jogabilidade ainda é
complexa Mesmo sendo produzido por outra desenvolvedora, EA Sports
UFC traz uma jogabilidade muito similar ao que foi apresentado em UFC
Undisputed 3 – último game baseado na franquia e que era produzido pela extinta
THQ. O game traz comandos bem parecidos com o título anterior, ou seja, é preciso realizar
combinações de botões para desferir socos na cabeça, outras para chutes na
parte do tronco, outras para joelhadas, etc.

Já o jogo de chão teve leves mudanças. A forma com que você
passa a guarda ou tenta sair de uma posição no solo, permanece praticamente a
mesma. Entretanto, na hora de aplicar uma chave é preciso ficar atento ao novo
sistema, que necessita de agilidade para que você vença seu oponente em uma combinação
de movimentos com o direcional para os lados. Também é possível notar um jogo mais rápido e mais solto que o anterior. Embora os lutadores pertençam a uma categoria mais pesada (meio-pesados), é de se imaginar que atletas mais leves, como José Aldo e Renan Barão, sejam mais rápidos tanto para se movimentar pelo octógono, quanto para golpear.  EA Sports UFC (Foto: Reprodução / TechTudo)

Muita complexidade

Há dois fatores que podem comprometer o sucesso de EA Sports
UFC. O primeiro deles é a complexidade do jogo. Jogadores com pouca experiência em comandos mais complexos podem se sentir perdidos diante de tantas
exigências no game. Por exemplo, para desferir um simples gancho, é preciso
golpear, segur um botão superior, e posicionar o direcional para baixo. Pode
parecer fácil, mas para um simples golpe, é um tanto exigente.

Outra fator que também compromete é a forma com que os
lutadores reagem no jogo. Em determinados momentos, ambos os lutadores trocam golpes
de uma forma desordenada que chega a ser cômica. Por mais que você tente seguir
uma sequênncia de movimento, como jab, direto e gancho, o comportamento dos lutadores
é mais rápido que o convencional e acaba executando essa ordem de uma forma estabanada.
E esse comportamento não é apenas do jogador, já que a própria CPU também se
comporta dessa forma em muitos momentos. EA Sports UFC terá controles específicos para realizar ou se defender de uma submissão. (Foto: Divulgação)

Conclusão

EA Sports UFC é de longe um dos jogos mais belos já
desenvolvidos. A similaridade visual com o UFC fará muitos jogadores adquirirem
um novo console – PS4 ou Xbox One – apenas para entrar no octógono virtual e se sentirem
como um lutador do UFC. Entretanto, não é nada fácil se adaptar rapidamente aos
complexos comandos do game. Será preciso muita paciência e treino até que você
se sinta confiante o suficiente para desafiar a CPU e oponentes do mundo
inteiro.

Opine no fórum do TechTudo: qual seu game de esporte favorito? saiba mais EA Sports UFC libera mais imagens de Shogun, Renan Barão e outros lutadores EA Sports UFC: vídeo simula luta entre José Aldo e Anthony Pettis EA Sports UFC: trailer traz nocaute de Spider e outras cenas históricas

Comentários no Facebook

×

Powered by WhatsApp Chat

× Consulte-nos!