fbpx

Google começa a implementar ‘direito de ser esquecido’ na Europa

O Google introduziu nesta sexta-feira (30) na Europa um formulário que permite aos usuários solicitarem a retirada de dados pessoais armazenados que, para eles, já não são relevantes.
A medida responde a sentença do TJUE (Tribunal de Justiça da União Europeia), que em 13 de maio reconheceu o direito dos cidadãos de serem "esquecidos" na internet, ou seja, de poderem pedir ao Google e a outros buscadores que retirem os links a informações que os prejudicam ou já não são pertinentes.
Em uma entrevista ao "Financial Times", o presidente-executivo do Google, Larry Page, advertiu que a nova diretriz de privacidade da União Europeia prejudicará a inovação, pois as empresas que começam não poderão cumprir esses requisitos administrativos.
Leia mais (05/30/2014 – 09h50)

Comentários no Facebook

× Consulte-nos!