fbpx

Google fala mais sobre celular modular e prevê lançamento para 2015

O Google anunciou mais detalhes sobre os seus smartphones modulares, em conferência sobre o Projeto Ara, na última terça-feira (15). A empresa apresentou novos layouts dos gadgets, confirmou como eles devem ser vendidos e revelou que o seu lançamento já está planejado para o início do ano que vem. Confira as melhores dicas para quem deseja comprar um smartphone novo Durante o evento, o Google disponibilizou o MDK (Module Developers Kit),
ou seja, um kit de desenvolvimento de módulos, para os desenvolvedores. Com isso, as empresas que desejarem criar os módulos para o aparelho já
têm todas as diretrizes necessárias para tal, como as suas dimensões. Ara ganhou mais novidades nesta semana (Foto: Divulgação/Google) A empresa apresentou um protótipo da versão Média do gadget, cujo tamanho lembra o do iPhone. Uma edição Mini e outra Grande, semelhante aos Galaxys Note, também vão ser lançadas. Todas terão como base o módulo central, chamado de Endo, porém, com tamanhos diferentes, é claro. saiba mais Projeto Ara, celular modular do Google, pode chegar em 2015 por US$ 50 Projeto Ara: Google revela mais detalhes do smartphone modular Google libera vendas do Glass por um dia e anuncia novidades Qual é o melhor smartphone de até R$ 1.000? Veja o que acham os outros leitores   Então, o usuário poderá adicionar os módulos como se fossem peças de um quebra-cabeça. Cada um deles terá uma evolução de hardware para o aparelho, como câmera, bateria e até Wi-Fi. Eles se conectam por um sistema semelhante a imãs, com pulsos eletromagnéticos, e são criados por diversas empresas diferentes. Para comprar os módulos, o Google terá três opções: permitir que o usuário compre os módulos por um app ou site, vendo demonstrações, usar o telefone de um amigo para testar os módulos ou visitar quiosques físicos para avaliar melhor. Essas “peças” podem ter múltiplas funções, tamanhos e preços. Visualmente, os aparelhos do Projeto Ara também serão bem personalizáveis. Foram mostradas diversas variações de cores dos gadgets no evento do Google. Além disso, confirmou-se que eles devem mesmo rodar o Android, que ainda não suporta gadgets modulares, mas provavelmente receberá esta capacidade até o início do ano que vem. Se tudo der certo no desenvolvimento dos módulos e protótipos, e o roadmap do Google mantiver suas previsões, a tendência é de que os smartphones sejam lançados em janeiro de 2015. Os preços começam bem baixos, em US$ 50 (aproximadamente R$ 112) para os modelos básicos, mas podem chegar a muito mais do que isso, dependendo da personalização. Via TNW

Comentários no Facebook

× Consulte-nos!