Homens poderão ‘viajar’ para a Lua com ajuda de Oculus Rift e robô

Um grupo de pesquisadores da Carnegie Mellon University planeja “levar” qualquer homem à Lua por meio de um robô e um Oculus Rift. A iniciativa pretende enviar para lá um rover (veículo de exploração espacial) com câmeras para permitir que o usuário do dispositivo de realidade virtual possa controlar da Terra o robô e sentir-se imerso na experiência de navegar pelo local. Robô desenvolvido para atuar rouba a cena em espetáculo teatral Testes de realidade virtual já são realizados por pesquisadores (Foto: Divulgação) A equipe, chamada Astrobotic Technology, está na disputa pelo Google Lunar XPrize, competição que dará US$ 30 milhões (R$ 75 milhões) para quem for capaz de enviar uma espaçonave privada para a Lua, fazer um robô vagar na superfície lunar por um mínimo de 500 metros e transmitir um conjunto de vídeos, imagens e dados para a Terra. Qual a utilidade de comprar uma impressora 3D? Opine no Fórum do TechTudo. O designer de games Ben Boesel e o astrônomo Dan Arnett trabalham na conexão do robô ao Oculus Rift. O dispositivo permitirá que, além de ver todo o conteúdo do passeio na Lua, graças às imagens que o pequeno robô reproduzirá, uma pessoa da Terra também possa governá-lo e sentir-se no lugar do veículo. saiba mais Impressora 3D é utilizada para criar nova técnica cinematográfica Nova animação da Disney requer supercomputador de 55 mil núcleos Toca-fitas retrô funciona com Raspberry Pi e é compatível com Spotify Os pesquisadores tentam agora solucionar a incompatibilidade do Rift com duas fontes de streaming diferentes, o que seria necessário para realizar o comando do robô. Além disso, eles também têm alguns outros pontos de tecnologia a serem melhorados e, segundo a própria equipe, estão em uma “hackatona” [maratona de hacker] para solucionar tudo isso. A expectativa é de que, em 2016, eles consigam lançar a aeronave Falcon 9, em parceria com a empresa SpaceX, rumo à Lua. O projeto está a todo o vapor e já foi mostrado para possíveis investidores. Mas, além desse time, há mais outras 17 equipes competindo pelo prêmio do Lunar X-Prize. Confira um vídeo do projeto:   Via TechCrunch

× Consulte-nos!