fbpx

Massa falida da bolsa de bitcoins Mt.Gox será gerida pela Justiça

Cerca de dois meses após pedir falência, a bolsa de bitcoins Mt. Gox entrou em administração judicial, segundo comunicado publicado nesta quarta-feira (16) no site da empresa.
O tribunal de Tóquio, onde a Mt. gox é sediada, rejeitou a solicitação de recuperação civil (extrajudicial) apresentada pela corretora. "A corte decidiu rejeitar a demanda para iniciar uma reabilitação civil e um administrador provisório foi nomeado", disse o executivo-chefe da companhia, Mark Karpeles, em outro comunicado divulgado pelo site.
De acordo com o administrador provisório Nobuaki Kobayashi, Karpeles pode vir a ser investigado como responsável pelo colapso da empresa. Segundo a Reuters, o gerente ainda não se pronunciou sobre o assunto.
Leia mais (04/16/2014 – 15h10)

Comentários no Facebook

×

Powered by WhatsApp Chat

× Consulte-nos!