fbpx

"Neutralidade significa internet livre e justa", diz representante da UE

Responsável pela pauta digital no Parlamento Europeu, a holandesa Neelie Kroes foi a principal defensora da neutralidade da rede durante as discussões sobre a lei que consagrou o conceito no continente, aprovada no início de abril.
Ela defende que a neutralidade da rede, apesar das divergências em relação à sua definição, deve ser adotada em todo o mundo como forma de garantir uma internet "livre e justa".
De passagem por São Paulo por causa do NETMundial –evento que discute a governança da internet–, Neelie falou à Folha. Leia trechos abaixo.
Leia mais (04/24/2014 – 14h04)

Comentários no Facebook

× Consulte-nos!