fbpx

Novo Android estará preparado para próxima geração de dispositivos vestíveis

Mesmo com a produção de seu próprio dispositivo vestível, os óculos Google Glass, o Google não quer abrir mão de marcar presença também em produtos desse tipo em outras fabricantes. Com isso em mente, o vice-presidente das divisões Android e Chrome do Google, Sundar Pichai, afirmou, em palestra na feira SXSW, que pretende lançar um kit de desenvolvimento que torna mais fácil a adaptação do Android a esses gadgets. Veja também: Google testa novo visual em seus resultados e deixa busca mais simples Rumores indicam possível relógio do Google com Android, possível concorrente do Smartwatch 2, da Sony (Foto: Luciana Maline/TechTudo) Durante o evento, Pichai confirmou que o Google pensa, sim, neste novo mercado, e que agora o objetivo é compartilhar o seu modo de ver os dispositivos vestíveis com seus desenvolvedores. saiba mais Samsung pode lançar pulseira fitness chamada S-Circle Lego lança bateria em formato de dock, compatível com qualquer smartphone Já é possível comprar o Google Glass? Veja as restrições dos óculos inteligentes Confira a análise sobre os primeiros passos com o Google Glass O que você faria com o Google Glass? Comente em nosso Fórum. “Vamos divulgar para os desenvolvedores uma visão de como nós vemos este marcado. Queremos fazer alguns protocolos pelos quais eles podem trabalhar. Quando falamos em dispositivos vestíveis, estamos pensando de forma bem mais abrangente”, destacou. Ele não deu muitas dicas sobre como o Google está abordando isso internamente, e nem se há algum produto, além do Glass, em desenvolvimento com o Android – há rumores de um smartwatch da LG com o selo do Google, por exemplo. Basicamente, parece que sua ideia, e do Google, é não fechar as portas para esses gadgets. O executivo frisou que vê um paralelo entre a evolução dos smartphones e dispositivos vestíveis, que acabam virando acessórios para os “minicomputadores” que viraram os celulares. O Google quer criar um padrão para esta comunicação, unificando os gadgets com Android e tendo aí o seu diferencial para outros sistemas. Via The Verge

Comentários no Facebook

× Consulte-nos!