fbpx

Para chefe de direitos humanos da ONU, Snowden não deveria ser julgado

A principal autoridade da ONU para o tema dos direitos humanos sugeriu nesta quarta-feira que os Estados Unidos deveriam abandonar os esforços para julgar Edward Snowden, dizendo que as revelações dele sobre a vigilância em grande escala dos governos foi de interesse público.
A alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Navi Pillay, disse que Snowden, ex-prestador de serviços da Agência de Segurança Nacional dos EUA, abriu um debate global que levou a pedidos pela restrição dos poderes dos governos para monitorar cidadãos na Internet e armazenar seus dados.
"Aqueles que revelam violações dos direitos humanos devem ser protegidos, nós precisamos deles", disse Pillay em entrevista coletiva.
Leia mais (07/16/2014 – 17h06)

Comentários no Facebook

× Consulte-nos!