fbpx

Projeto da USP tenta padronizar sinal de TV digital

O sinal digital de televisão já funciona em vários países, inclusive no Brasil. Porém, há três padrões principais –o americano, o europeu e o japonês (que foi adotado por aqui)– e um problema: eles não se comunicam entre si.
Liderado pelo Citi (Centro Interdisciplinar de Tecnologias Interativas), da USP, o consórcio Global ITV iniciado em abril, formado por instituições e universidades brasileiras e europeias, pretende pôr fim à questão.
"No Brasil, não temos acesso aos aplicativos de interatividade de um programa de uma emissora europeia, por exemplo, pois os padrões não são compatíveis", explica Marcelo Zuffo, coordenador-geral do Global ITV no Brasil.
Leia mais (05/26/2014 – 02h00)

Comentários no Facebook

× Consulte-nos!