fbpx

Recursos ‘antiquados’ tornam as telas de toque mais confortáveis

As superfícies planas das telas de toque podem prejudicar a leitura de perto e a digitação acurada. As pessoas que folheiam páginas eletrônicas muitas vezes reportam menor retenção daquilo que leem, ante a leitura de páginas em papel, de acordo com alguns estudos. E digitar em uma superfície plana, sem teclas físicas para guiar os dedos, requer atenção visual reforçada, o que reduz a concentração quanto aos pensamentos que devem ser expressos.
Há empresas que estão tentando resolver esses problemas por meio de instrumentos adaptados do mundo analógico, a exemplo das teclas tridimensionais de máquinas de escrever, páginas tácteis em papel e provas de surpresa em salas de aula.
A Tactus Technology, de Fremont, Califórnia, está desenvolvendo um teclado com teclas que mudam de forma e saltam da superfície da tela quando necessário, disse Craig Ciesla, um dos fundadores da companhia. O fluido armazenado em microcanais eleva as teclas e depois volta a baixá-las, o que faz parecer que derreteram.
Leia mais (07/09/2014 – 14h13)

Comentários no Facebook

× Consulte-nos!