fbpx

WhatsApp se defende e diz que falha só afeta celulares contaminados

Em resposta à brecha de segurança exposta por um desenvolvedor holandês, por meio da qual hackers podem roubar todas as conversas de um usuário da versão para Android do WhatsApp, a empresa disse à Folha que somente donos de celulares infectados por vírus podem ser afetados.
O porta-voz Neeraj Arora, diretor de negócios do WhatsApp, disse por e-mail que há um exagero do problema, o qual considera não ser uma falha de segurança. "Estamos cientes dos relatos de uma ‘falha de segurança’, mas, infelizmente, eles não pintam um quadro preciso, e estão exagerados."
"Sob circunstâncias normais, os dados do cartão de memória não é exposto. Contudo, se o dono do dispositivo baixa malware ou vírus, seu celular estará em risco", continuou.
Leia mais (03/13/2014 – 11h11)

Comentários no Facebook

× Consulte-nos!