fbpx

Vírus pode roubar mensagens, fotos e registros de chamadas pelo WhatsApp

Um vírus capaz de roubar dados e informações do Whatsapp que compromete a privacidade de mais de 500 milhões de usuários do mensageiro instantâneo foi descoberto recentemente pela PSafe, empresa de segurança. Com ele, o cibercriminoso tem acesso a mensagens, SMS, fotos e chamadas dos smartphones infectados. Como saber o número do novo chip que está em seu celular roubado b /b Malware pode ter afetado 500 milhões de usuários (Foto: Luciana Maline/TechTudo) saiba mais Galaxy S5 Active aparece antes da hora em vídeo hands-on Sony libera Android ‘KitKat’ para Xperia Z, ZR e outros smarts; veja Lumia 925: confira dez capinhas para personalizar seu smartphone Como instalar Whatsapp no PC? Opine no Fórum do TechTudo De acordo com a empresa de segurança digital, o malware é um dos mais eficientes descobertos até agora. O “J.Laucher”, como é conhecido, além de roubar pequenos trechos de mensagens, é capaz de interceptar chamadas, roubar contatos da agenda e compartilha-las automaticamente para e-mail desconhecido. Por não criar um ícone de acesso na tela do aparelho após ser instalado, o vírus é quase imperceptível. É recomendável utilizar um anti-vírus  para removê-lo. A princípio, somente o aplicativo para Android foi afetado. Via PSafe 

Comentários no Facebook

× Consulte-nos!